Plantas no ambiente corporativo

Não é agradável ficar em espaço onde a natureza está presente? Poder colher temperos e ervas frescas para preparar uma refeição ou um delicioso chá? Agora imagine fazer isso no seu espaço de trabalho. Muito além de decorar, e deixar o espaço mais harmônico, as plantas no interior do escritório melhoram a qualidade do ar, removem impurezas e trazem benefícios significativos a saúde dos colaboradores. Os principais escritórios do mundo, das principais organizações, estão localizados em grandes centros urbanos, cidades onde a poluição é maior e o número de áreas verdes é menor. Na grande São Paulo, onde estamos localizados e  a maioria das empresas do país, a taxa de poluição oscila de moderada para insalubre para grupos sensíveis, dependendo da localização. Em casos como esse, as plantas melhoram a qualidade do ar e filtram a poluição quando estão perto da janela. Elas agem como um filtro e absorvem as impurezas e poluentes do ar.

Em dias de baixa umidade do ar, as plantas aumentam em até 15% a umidade do ambiente, pois devolvem mais de 90% da água absorvida para o ar, deixando a sala com índice recomendado para a saúde humana, que é de 30% a 60%. Outro fator positivo é a redução do estresse. O contato com a natureza, seja apenas uma planta na mesa, ajuda a elevar a taxa de felicidade do colaborador e aumentar sua produtividade. Segundo estudos realizados pela Texas A & M University e Surrey University, Inglaterra, observaram aumento de produtividade em 12% e redução no estresse dos participantes que trabalhavam com plantas no ambiente corporativo.

Ou seja, quando você melhora a qualidade do ar do ambiente corporativo, você está impactando positivamente o meio ambiente e aumentando a produtividade dos seus colaboradores e consequentemente a rentabilidade da sua empresa. Se você precisa proporcionar um espaço de trabalho mais tranquilo e saudável, a sua solução pode ser colocar algumas plantas, como folhagens, flores e pequenas árvores. Plantas que possam ser consumidas pelos funcionários, como árvores frutíferas, legumes, ervas e temperos e que possam utilizados por eles durante o período que estão no trabalho.